Travessia Tongariro, uma trilha de 8h no Norte da Nova Zelândia

A Travessia Tongariro (ou Tongariro Alpine Crossing) é considerada a melhor trilha de um dia da Nova Zelândia e dizem que uma das top ten do mundo inteiro! Pra quem curte uma aventurazinha, daquelas com horas a fio sem sinal de civilização e vulcão em atividade (em atividade mesmo, um deles entrou em erupção em novembro do ano passado), é um prato cheio.

O grande lance dessa aventura toda é ser surpreendido por uma sequência de cenários incríveis que mudam completamente ao longo da caminhada. Cascalho, riacho, vulcão, lago, terra batida, mato fechado, neve no topo da montanha… É uma experiência que só se vive lá e que eu recomendo demais como um must do da Nova Zelândia.

Travessia Tongariro

Travessia TongariroTravessia TongariroTravessia TongariroTravessia TongariroTravessia TongariroTravessia TongariroTravessia Tongariro

Guia não-oficial para visitar Tongariro

Onde fica? A trilha fica dentro do Tongariro National Park, na ilha Norte da Nova Zelândia – pertinho da cidade de Taupo. O lugar foi inclusive um dos cenários da filmagem da trilogia Senhor dos Anéis (tá lembrado de Mordor?!).

O percurso? A Travessia consiste em literalmente atravessar o Monte Tongariro, que começa em Mangatepopo e termina em Ketetahi, na base do outro lado da montanha.

Travessia Tongariro

Distância da trilha? 19, 4 km.

Tempo de caminhada? 8 horas em média.

Grau de dificuldade? Classificado pelo próprio Parque como “desafiador”. Apesar desse terrorismo todo, muita gente faz a trilha e não é preciso ser um atleta pra completar ela com sucesso. Se duvidar da sua residência, pense duas vezes. É preciso sim conhecer seus limites.

Como chegar lá? Ônibus partem diariamente (quanto o clima permite) de Taupo e do National Park Village. Pra fazer o passeio, é só agendar o seu shuttle bus pela recepção de onde estiver hospedado e pagar uma taxa pelo transporte (a trilha em si não custa nada). Eles te buscam na porta do hotel ou albergue e deixam na base da montanha e, no fim do dia, te resgatam de volta do outro lado e devolvem sãos e salvos.

O que levar? Comida e muita água (não tem nada para vender na trilha – se você enxergar alguma banca é miragem). Kit primeiros socorros, protetor solar, celular em caso de emergências (existem pacotes de cobertura para celular à venda) e mapa da trilha (à disposição com o próprio shuttle bus ou aqui, no site do Parque).

O que vestir ? No verão: calça, camiseta/blusa, casaco e boné. Nos pés, botina! Tênis vão derrapar nos terrenos escorregadios. Pra fazer a Travessia no inverno é preciso experiência em alpes. Coisa pra gente grande!

Pipi-room? Tem um banheiro no início e outro no meio da Travessia.

*Minha experiência Tongariro: Fiz a trilha em 2009 sozinha (#aloka!) em 6 horas e 20 minutos contando com uma paradinha pra comer meu sanduba de frente pra um vulcão e outra pra fazer um pit-stop no banheiro. Meus pontos preferidos da Travessia foram o início da trilha (silêncio, sol da manhã e toda aquela grandiosidade da natureza à minha frente), os Lagos Esmeralda e o caminho beirando o topo da montanha. Uma super experiência!

Travessia Tongariro

Sobre estes anúncios

Comments

  1. Lys Locatelli says:

    Olá Juliana.
    Exatamente essa trilha estou pensando em incluir em meu roteiro na NZ. Você deu boas dicas :-)
    Mas ainda nao sei onde me hospedar, vc pode me indicar onde é melhor ficar? E será necessário pernoitar duas noites não? Penso em ir de trem até O National Park, a princípio. Também irei sozinha, como você! Ainda estou fazendo o roteiro da Ilha Norte. só sei que saio de Wellington e chego à Auckland e quero conhecer Waitomo Caves e Rotorua! Estou estudando o que encontro…por isso encontrei teu post. foi ótimo!
    Agradeço qq outra informação!
    Bj
    Lys

    • Oi Lys! Essa trilha é maravilhosa mesmo, foi uma das coisas que mais gostei de fazer na NZ. Eu fiquei hospedada na cidade de Taupo e gostei muito, principalmente por causa do Lake Taupo que fica por ali. É um lago com visual lindo que permite a prática de vários esportes. Você pode conhecê-lo na tarde que antecede o dia da trilha, por exemplo.
      O ideal é pernoitar duas noites sim, isso porque o ônibus pega os viajantes cedinho no hotel/albergue e, na volta, você vai estar morta de cansada… Então vale a pena passar a noite para descansar antes de seguir viagem.
      Espero ter respondido o que vc precisava! Se tiver outra coisa em que eu possa ajudar, é só perguntar.
      Um beijo e boa viagem! ;)

      • Lys Locatelli says:

        Sim, foi ótimo!
        Estou agora mesmo comprando as passagens de ônibus para lá, a NZD 1,00!!! Promoção do Intercity. E depois é só reservar o hotel em Taupo!
        Beijos, e obrigada novamente!
        Lys

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 82 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: