Caiaque transparente! Já viu essa?

Clear Blue Hawaii Molokini

A empresa australiana (e não havaiana) Clear Blue Hawaii criou um daqueles produtos que depois de pronto todo mundo se pergunta “como ninguém inventou isso antes?” É um caiaque transparente, minha gente! Tem ideia mais bacanuda? Em dias ensolarados e águas calmas a visibilidade chega a 22 metros de profundidade.

O equipamento tem capacidade pra duas pessoas e é feito do mesmo material utilizado em vidros à prova de bala, por isso é resistente a litorais rochosos. Além disso, a armação interna é toda de alumínio, o que faz o caiaque pesar só 15 quilos. Ah, e só pra constar: o produto leva o nome de Molokini, uma cratera vulcânica no mar do Havaí que forma uma ilhota com a parte que não fica submersa.

A invenção parece coisa do futuro, mas não é que tem gente que usa mesmo? Olha só o que eu achei no Instagram:

Clear Blue Hawaii Molikini 2

Onde comprar?

Boa pergunta. Não localizei nenhuma loja que revende no Brasil, mas encontrei vendedores no ebay e na Amazon. Aos intere$$ados, já é uma referência.

Canivete conector de dispositivos para viagem

Power Knife Brunton

No lugar de vários cabos, um só apetrecho com diferentes conectores. Essa é a proposta da Power Knife Brunton, uma espécie de canivete que conecta dispositivos em carregadores de energia de maneira prática, leve e livre de emaranhados. A ideia é ótima pra viagens, já que economiza peso e espaço e evita um possível cabo quebrado. Super funcional, né?

O canivete vem com quatro saídas de conexão: USB, mini USB, Apple 30-pin (que é o conector antigo de dispositivos da Apple) e o Apple Lightning (o conector novo da marca). Mas atenção! O aparelhinho é apenas um conector, não um carregador. A empresa Brunton até tem a bateria portátil pra vender, mas ela não vem junto. Outro detalhe é que o canivete só faz transmissão de energia e não de dados.

Achei pra vender no site do ebay.

Têm nas lojas etna: organizadores de bagagem da neatfreak!

Organizadores neatfreak

A neatfreak! é uma marca canadense de produtos organizadores de casa (tem itens para guarda-roupa, sapateira, lavanderia etc) e que possui uma linha voltada para viagens. São necessaires, saco de roupa suja, saco de calçado e os chamados ‘packing cubes’ – pequenas bolsas em formato de cubo que servem para separar melhor as roupas dentro da mala (já fiz um post mais elaborado sobre isso aqui).

Os produtos dela não são nenhuma novidade, mas o bacana é que eles podem ser encontrados no Brasil – coisa que não acontece com frequência com artigos de viagem que a gente vê por aí na Internet. Eu me deparei com uma estante da marca na loja etna em Campo Grande e fiquei faceira da vida porque já procurava há algum tempo cubos organizadores para comprar sem precisar pedir do exterior e ter que pagar em dólar.

Organizadores neatfreak

Organizadores neatfreak

Os preços também são outra vantagem! Enquanto um kit de packing cubes de uma marca famosa (como a eBags ou Eagle Creek) pode chegar a custar R$ 200/RS 300, o kit da neatfreak! com dois cubos custa R$ 25,99. Certamente a qualidade não deve ser a mesma, mas já cumpre o papel de deixar a mala nos trinques.

Na etna, os preços vão de R$ 9,99 a R$ 39,99 dependendo do item.

Ofertas para viajar no reveillon 2016!

Ei você que ainda não decidiu aonde vai passar o seu fim de ano, a CVC recém lançou pacotes promocionais pro Brasil e pro exterior. Alguns têm passagem incluída, outros não. Por ser alta temporada, tipo creme-do-verão, achei o pacote pra Fortaleza bem tentador! As ofertas são válidas até a próxima sexta-feira, dia 27 de novembro. Dá só uma olhada:

Fim de Ano 2015! Rio de Janeiro (Reveillon): Hospedagem/Café da manhã Por: R$ 998
Validade: 27/11

Fim de Ano 2015! Fortaleza (Reveillon): Passagem aérea/Hospedagem/Café da manhã/Traslado/Passeio Por: R$ 2248
Validade: 27/11

Fim de Ano 2015! Nova York (Reveillon): Passagem aérea/Hospedagem/Café da manhã Por: R$ 6264
Validade: 27/11

Fim de Ano 2015! Orlando (Reveillon): Passagem aérea e Hospedagem Por: R$ 5287
Validade: 27/11

Os lugares incríveis que não conheci

Já teve aquele minuto arranca-cabelo pós viagem ao descobrir que perdeu a chance de conhecer um lugar imperdível num destino onde você não está mais – e pra onde talvez nunca mais volte? Bem… Eu já tive alguns. E não foi legal.

Desde que criei o blog em 2012 falo sobre a importância de planejar as viagens. Investir um tempinho antes de embarcar pra pesquisar sobre o destino, listar os must-dos, pegar indicações de restaurantes, de transporte, do melhor lugar pra assistir o pôr do sol e todo o beabá é essencial, além de ser uma delícia porque nos envolve na viagem antes mesmo dela começar.

Resolvi então compartilhar aqui alguns dos lugares que eu não conheci por falta de planejamento pra nunca esquecer a lição e pra dar um chacoalhão em quem precisar. É de chorar… Olha só!

Park Güell

Dá pra acreditar que passei três dias em Barcelona e não conheci este ícone de lá? Que vergonha! O Park Güell é uma das obras do arquiteto catalão Antoni Gaudí, “o cara” das construções emblemáticas da cidade – tem todas elas no post A Barcelona de Antoni Gaudí. O parque fica numa área verde e alta da cidade de frente pro mar mediterrâneo e reúne casas construídas em linhas orgânicas cobertas de mosaicos coloridos. Um tesouro!

Muro de Berlim

Ou melhor, o que sobrou dele e toda história por trás. Não conhecer a East Side Gallery, a maior faixa preservada do muro que dividiu a Berlim Ocidental da Oriental e que foi um dos maiores símbolos da Guerra Fria, é imperdoável. Contei no post Um passeio pelas ruas de Berlim que não gostei da cidade, mas acho que foi a cidade que não gostou de mim porque eu não soube dar moral pra riqueza que ela tem. Entre as coisas que fiz, está a Visita ao Campo de Concentração de Sachsenhausen. Pelo menos, né Juliana?

Trastevere

Que pecado… Cheguei tão perto! Trastevere é o bairro onde la dolce vita reina em Roma. Ruelas de pedra, trattorias exalando cheiro de massa italiana, vinho, fontes, romantismo. Um lugar pra se perder! Não à toa foi cenário de vários filmes mamão com açúcar que vemos suspirando por aí. Pra lá eu volto. Ah, se não!

%d blogueiros gostam disto: