As viagens que estão na minha wishlist!

Sabe aquela lista de desejos que faz a gente levantar da cama todo dia e trabalhar duro? Que nos lembra que batalhar pelos sonhos vai valer a pena? Desde menina eu sou adepta desse modus operandi e acredito fortemente que minhas listinhas me ajudaram a realizar vários objetivos – se você ainda não tem uma, trate de fazer a sua! Pois bem, novos sonhos vêm aí e minha wishlist só que cresce rss!

Atualmente (atualmente?) meus desejos se concentram em viagens (todas no verão, claro!). Até aqui nenhuma novidade, ok, mas os destinos que vêm fazendo a minha cabeça são sim recentes pra mim. Até pouco tempo, Machu Picchu, o Caminho de Santiago de Compostela e Índia estavam no topo da lista. O tempo passa, a idade chega kkk e minha vontade de caminhar tanto assim sofre uma leve alteração. Não que estas viagens estejam fora da lista (até porque eu sempre vou adorar um perrengue), mas o foco deu uma mudada. Estou no momento querendo sentar pra ver o mar com uma taça de vinho branco bem gelada na mão, obrigada.

As viagens que estão na minha wishlist

Liderando o ranking da minha wishlist de viagens está o que eu chamo de ‘Quarteto Fantástico’. Itália fabulosa, Croácia nova queridinha dos brasileiros, Grécia beleza eterna e Turquia alegre e colorida. Como não amar o verão europeu nessa região? Lá, o dolce far niente reina e, sim, eu quero muito. Quero curtir a costa amalfitana e todos os limoncellos e burratas que tiver direito, quero ver de perto o mar e a cidade medieval de Dubrovnik, quero as praias gregas e um dia pelo menos em Santorini e, pra fechar, quero os encantos turcos: praias, cultura, doces etc e tal. Falando nisso, no início de julho fiz o post O que vai ser hit no verão europeu 2014.

As viagens que estão na minha wishlist

É de carro que eu tenho vontade de conhecer os Estados Unidos! Algo me diz que dirigir entre as palmeiras da Califórnia deve ser bom, assim como parar numa daquelas lanchonetes de cowboy no Texas e dirigir pelo deserto do Arizona. Deixar o continente rumo às ilhas de Florida Keys na rodovia que corre sobre o mar também está na minha lista. São taaantas as coisas pra conhecer por lá que eu fiquei até tonta selecionando um possível roteiro de leste a oeste. Um bom start pra planejar uma road trip pelos States é por este site aqui, que disponibiliza várias opções de rota de carro.

As viagens que estão na minha wishlist

Atenção ae, meu rei! Leia divagáh, vá?! Que é pra entrar no rítmo goxtoso da Bahia. Oxe, que paraíso! Que dendê! A cidadezinha de Itacaré começou a aparecer com força como um destino potencial no Nordeste do Brasil e já ganhou mais uma fã. Se tem um lugar onde eu quero passar o dia inteiro descalço é lá. Além das praias nível propaganda de férias, Itacaré ainda tem rio, cachoeira, mangue e mata atlântica preservada chegando perto da costa. Eita maínha! Coisa linda de meu Deus… Com tanta beleza natural, o cenário é ainda ideal pra prática de vários esportes outdoor, como stand up paddle, rafting, surf, arborismo, canoagem e tirolesa. Depois de me cansar em todos eles, só uma rede e um acarajé, faz favor. O casal do blog Vamos pra Onde? tem um guia completo sobre o destino, ó paí ó!

Sobre estes anúncios

Tulum: ruínas maia à beira-mar

Tulum Mexico

Localizada no privilegiado litoral caribenho do México, Tulum é beleza rara! Como se o mar azul turquesa não bastasse para encher os olhos, uma coleção de ruínas da antiga civilização maia margeia a beira da praia. É uma combinação única de natureza cinematográfica e história a olho nu. Um visual fantástico!

Tulum foi uma das últimas cidades construídas e habitadas pelos maias, serviu prioritariamente como um porto. Suas construções datam do fim do século 13 e foram erguidas sob um penhasco de 12 metros ao longo da costa.

Tulum Mexico

O sítio arqueológico de Tulum é o terceiro mais visitado dos 32 mil existentes no México. Ao contrário do de Chichén Itzá (que eu também conheci e mostrei aqui), o acesso às ruínas de Tulum é fácil. De carro, são 2 horas a partir de Cancun ou 45 minutos a partir de Playa del Carmen. Da Rodovia, é só seguir as placas que indicam ‘Zona Arqueologica’ e, quando chegar, seguir 1 km adentro em direção ao litoral.

Dica: Alugar um carro pra fazer um one-day-trip pra Tulum é uma boa! Foi o que eu fiz partindo de Playa del Carmen. Quem não quiser pegar carro, tem a opção de ir de ônibus ou de van que saem destes dois destinos várias vezes ao dia.

Tulum Mexico

Durante o passeio pelas ruínas o diferencial de Tulum logo aparece: o mar. Ela é a única zona arqueológica estabelecida na beira da praia. E que praia, hein?! Escolheram bem esses maias…

Já com o pé na areia, é possível alugar equipamentos de mergulho (snorkel e pé de pato) e contratar um passeio de barco pra ver Tulum de um ângulo especial. A última foto do post mostra ‘El Castillo’, a maior das construções da antiga cidade, vista do mar.

Tulum Mexico

É bom saber…

  • O sítio arqueológico de Tulum abre diariamente das 8h às 17h.
  • É preciso pagar entrada (cerca de US$ 5) e estacionamento (cerca de US$ 8) se estiver de carro.
  • Se quiser fugir da muvuca, vá de manhã cedo.
  • Apesar de Tulum ser indicada para um bate-volta, é possível se hospedar por lá em bangalôs na beira da praia ou em hotéis mais simples na cidade.

Veja também outros posts sobre o México:

Chichén Itzá, antiga cidade maia no México
De carrinho de golfe em Isla Mujeres
Nadar com golfinhos em Cancun
Hotel review: Oasis Palm Beach (Cancun, México)

Como garantir um bom sono no avião

Como garantir um bom sono no avião

Vôos longos são cansativos e exigem da gente uma boa dose de paciência e malabarismo pra conseguir um bom descanso. É neném que chora, é o camarada do lado que teima em acender a luz pra ler justo na hora que você decidiu fechar o olho, é turbulência, é vovô roncando… Enfim, os barulhos e incômodos são muitos e se você não der um help pro seu corpo relaxar vai ser impossível pegar no sono.

Estes quatro itens aí de cima formam um kit essencial pra dormir bem no avião. Tem gente que acha frescura, mas quando chega a hora do “vamo vê” tem recalque do vizinho de poltrona que viajou equipado. Um protetor de ouvido, uma almofada de pescoço, um tapa olho e uma echarpe fazem milagres, pode acreditar!

Vale lembrar que a escolha dos acessórios deve ser cuidadosa. Nada de deixar pra comprar na lojinha do aeroporto antes de embarcar porque pode ser que a única almofada de pescoço que eles tenham não encaixa bem em você (já passei por isso e o resultado foi uma tragédia!). É preciso pesquisar antes, ler referências e experimentar pra só depois fazer o investimento.

Fora a echarpe, que existe aos montes e que independente do estilo vai cumprir bem o papel de aquecer, eu vasculhei na Internet quais marcas dos outros acessórios estão tendo uma boa aceitação dos viajantes:

O protetor de ouvido da Hearos é dito como macio e excelente bloqueador de sons (um pacote com 20 pares custa U$ 5,32 + frete no amazon.com). O tapa olho da Prime Effects escurece super bem segundo os usuários, além disso tem um suporte pra guardar os protetores de ouvido enquanto você não estiver usando (no amazon.com custa U$ 12,95 + frete). E a almofada de pescoço da TravelMate agradou os viajantes porque tem espuma de memória, a tal da espuma da NASA que se molda ao formato do pescoço (só é vendida no amazon.com por U$ 12,75 + frete).

  • Monte seu kit e sweet dreams! Zzz…

Leia também o post Dicas para amenizar os efeitos do jet lag

Três truques bizarros que aprendi viajando

1. Fim dos mosquitinhos de luz com… fita adesiva? Rss, isso mesmo. Tão cômico quanto funcional, pelo menos aparentemente. Me deparei com essa técnica mirabolante no teto do albergue que fiquei hospedada na cidade de Barrytown, na Nova Zelândia. No mínimo criativo!

Truques bizzaros que aprendi viajando

2. Não tem o dom de assoviar? Pegue uma grama, fixe o mato entre os dedões e assopre. Voilà! Você tem um apito de grama. Quem me ensinou essa faceta foi um amigo alemão que fiz viajando. Ele mostra a performance:

Truques bizarros que aprendi viajando

3. Como abrir uma garrafa de vinho com um sapato. Essa eu nunca tentei, mas já ouvi falar algumas vezes e estou curiosa pra pôr à prova! Tá inclusive rolando um vídeo na net que mostra que, apesar dessa fama toda, o truque não é lá tão fácil de aplicar. Mesmo assim, vale saber como faz. Vai que um dia precisa?!

 

O kit de banho para viagem da Granado

Não é novidade dizer que viajar com frascos enormes de shampoo e afins é desnecessário, pesado e pode causar explosões melequentas na bagagem, certo? Sabendo disso, o bom viajante tem duas opções: opta pelos porta líquidos recarregáveis ou por miniaturas dos produtos.

Eu sei que não é tão fácil quanto parece encontrar essas versões pequenas (inclusive já falei disso no post Como montar uma nécessaire de miniaturas), mas elas estão começando a aparecer com mais frequência. Sempre que vejo um produtinho mini vibro por dentro! Rss… Coisas de mulher viajante. Não é, meninas?

Ontem tive um desses surtinhos de felicidade enquanto conhecia a loja Granado inaugurada há uma semana em Campo Grande. A marca, que é a botica ou farmácia de cosméticos mais antiga do Brasil (foi fundada em 1870), passou por uma revitalização em 2005 e desde então só ganha novos fãs. Entre vários dos seus produtos mára está o Kit Salomé com 4 frascos de 45 ml cada contendo o básico pra banho: shampoo, condicionador, sabonete líquido e hidratante. Na loja virtual da marca o Kit custa R$ 32. Baratinho e de qualidade!

Kit Salomé Granado

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 75 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: