Hotéis com até 40% off na Black Friday da Accor

Black Friday 2014 Accor Hotéis

Quem aí vai viajar neste fim de ano ou comecinho de 2015 e ainda não garantiu a hospedagem? Aproveita então esta semana pra fazer a reserva porque a rede de hotéis Accor lançou uma super promoção: desconto de 30 ou 40% no valor de diárias entre os dias 15 de dezembro de 2014 a 8 de fevereiro de 2015.

Mas atenção! É preciso fazer a reserva pelo site até a próxima sexta-feira (28 de novembro), dia da Black Friday – a tal sexta-feira das promoções malucas que começou nos Estados Unidos e que desde 2010 marca presença no calendário do Brasil.

O desconto vale pra mais de 2.200 hotéis em todo o mundo de dez marcas bem conceituadas: Sofitel, Pullman, MGallery, Novotel, Suite Novotel, Mercure, Adagio (exceto Adagio Access), ibis, ibis Styles / All Seasons e Thalassa sea & spa.

Ganha 30% de desconto quem faz a compra direta pelo site através de um cadastro simples e ganha 40% quem se associa ao programa de fidelidade Le Club Accorhotels – o cadastro é gratuito, rapidinho de fazer e garante várias outras vantagens. Eu me associei! \o/

Perde tempo não… ;)

Pousadas em Juquehy

Localizada no município de São Sebastião, a Praia de Juquehy tem a comodidade de estar em uma das maiores e mais bem estruturadas cidades do Litoral Norte de São Paulo. Para suprir a necessidade dos moradores, turistas e pessoas em geral que vão até a praia para curtir as altas temporadas, o local conta com uma excelente infraestrutura. Confira algumas pousadas de Juquehy :

A Pousada Baobá fica a apenas 350 metros da praia de Juquehy. Sua decoração é rústica e a pousada é cercada de muito verde, o que dá uma sensação ainda maior de contato com natureza. Além disso, possui piscina, suítes bem arejadas e internet sem fio, para aqueles que não podem se desconectar do mundo lá fora. A Pousada Baobá está localizada na Travessa Anhanguera, 81, Sertão de Juquehy.

Pousada Baobá JuquehyPousada Baobá

A Pousada Marambaia traz um ambiente aconchegante repleto de paz e tranquilidade. Com apartamentos tipo flat, os hóspedes também podem aproveitar ótimos momentos nas áreas livres do local, incluindo uma belíssima piscina com deck. A Pousada Marambaia fica na  Rua Maria Madalena Faustino, 402.

Pousada Marambaia JuquehyPousada Marambaia

A Pousada Bico Verde encanta por sua arquitetura tropical, com muita área verde e respeito à natureza. Com atendimento diferenciado, possui seis tipos diferentes de apartamentos e área de lazer que agradam a toda família, com playground e uma belíssima piscina com divisões adulto e infantil. A Pousada Bico Verde fica localizada na Rua Tiradentes, 91.

Pousada Bico Verde JuquehyPousada Bico Verde

Já a Pousada Terra chama a atenção por sua arquitetura requintada. Com ótima localização, suas áreas principais são todas envidraçadas para que o hóspede contemple a belíssima paisagem e a piscina da pousada. Com áreas de convivência em estilo rústico e quartos extremamente confortáveis, vale conhecer a pousada, que fica na Avenida Benedito Izidoro de Moraes, 460.

Pousada Terra JuquehyPousada Terra

A Pousada Alcatrazes faz o estilo pousada “pé na areia”. Com excelente localização, possui sauna, spa com hidro e piscina climatizadas com vista para o mar, garantindo ótimos momentos de descanso, mas também com muita diversão. A Pousada Alcatrazes fica localizada na Avenida Mãe Bernarda, 937.

Para maiores informações sobre pousadas em Juquehy acesse http://www.roteirodeturismo.com.br/hoteis-e-pousadas/sao-paulo/juquehy/.

texto | Roteiro de Turismo

Conheça o Zorah Beach Hotel, eleito o ‘Hotel do Ano 2014/2015′

Zorah Beach HotelZorah Beach HotelZorah Beach HotelZorah Beach HotelZorah Beach HotelZorah Beach HotelZorah Beach HotelZorah Beach HotelZorah Beach HotelZorah Beach HotelZorah Beach Hotel

Fotos: divulgação Zorah Beach Hotel

No mês de setembro foram divulgados os nomes dos bambambãs do momento do setor turístico eleitos pelo prêmio O Melhor de Viagem e Turismo 2014/2015, estão lembrados? Fiz um post com a lista completas deles assim que saíram os premiados.

O grande vencedor na categoria hotel foi este sonho de consumo que estamos conhecendo hoje, o Zorah Beach Hotel, localizado no litoral cearense. O hotel, que tem só um ano de atividades e já entrou com louvor pra lista dos destinos de luxo do Brasil, fica mais precisamente na praia do Guajiru, no município de Trairi, a uns 130 km de Fortaleza.

Assim que li mais sobre ele entendi o porquê dos meus suspiros em série: o Zorah foi todo inspirado em referências asiáticas com alguns toques do Oriente Médio! O ponto alto fica por conta da decoração com móveis, objetos, esculturas e luminárias vindos de Bali e da Índia, além de lustres da Turquia e tapetes iranianos. Tudo o que meu lado exótico mais precisa! ♥

Ah! Por conta das peças exclusivas de arte ele se encaixa na categoria dos hotéis de charme, como expliquei no post anterior. Capisce? ;)

Pra deixar a estadia ainda mais sofisticada, o hotel oferece serviços de massagem em cabanas, piscina, deck de frente pro mar, passeios exclusivos pela região entre outros mimos. Todos os quartos tem camão king size, varanda, banheiro com duas cubas, roupas de cama de algodão egípcio, toalhas da Trussardi, máquina de café Nespresso, banheira de hidromassagem e cosméticos da L’Occitane. Já pode querer ir pra lá?!

A gastronomia é outro destaque! O cardápio, que foi elaborado por chefs indianos e outros nomes renomados da culinária brasileira, tem toque contemporâneo com prioridade para os ingredientes da região e pratos asiáticos. Nhãm nhãm!

Existem três categorias de hospedagem:

  • Vila com 140 m², piscina privativa, varanda com hidromassagem com vista para o mar, cama dossel (aquela com tecidos esvoaçantes por volta que faz qualquer um se sentir rei!) e adega.
  • Bangalôs individuais com 90 m², vista para o mar, banheiro com jardim e cama dossel.
  • Suítes com 50 m².

Quanto custa? 

  • Vila: baixa Temporada R$ 1.570 | alta temporada R$ 1.960
  • Bangalôs: baixa temporada R$ 780 | alta temporada R$ 980
  • Suítes: baixa temporada R$ 560 | alta temporada R$ 690

* As diárias são cobradas por acomodação, para duas pessoas e incluem café da manhã. Estadia mínima de 2 diárias.

Pra fechar esse encontro, entra aqui pra fazer um passeio virtual pelo hotel em 360° e conhecer melhor as instalações. E se quiser, segue ele no insta! Eu já virei fã.

Quem aí também ficou sonhando com umas férias por lá?

Guest house, B&B, Lodge… Conheça os tipos diferentes de hospedagem

Sabe aquele ponto de interrogação que aparece quando a gente pesquisa sobre hospedagem e surgem uns nomes esquisitos? Dependendo do destino, são várias as opções de acomodação disponíveis e é legal saber como cada uma delas funciona pra fazer a escolha mais apropriada pro estilo da viagem. Dá só uma olhada nas diferenças:

Hotel – Edifício em área urbana com quartos privados e serviços básicos, como lavanderia, business center e restaurante. Fácil, né?

Hostel – É o albergue, acomodação geralmente escolhida por mochileiros. Um edifício onde viajantes dividem quartos (e banheiros) a baixo custo e geralmente sem conforto. Na Europa é comum os albergues oferecerem café da manhã, na Oceania não.

Tipos de acomodação

Guest House – É a chamada casa de família: você aluga um quarto da casa durante uma temporada enquanto convive com a família que te hospeda. É a forma de hospedagem mais comum nos programas de intercâmbio. É ótimo pra quem quer aprender um idioma com mais rapidez.

Bed & Breakfast – Como o Guest House, o B&B é também uma casa de família que aluga quartos por curtos períodos e oferece café da manhã preparado pelos próprios donos, mas aqui o hóspede não convive com a família, ele tem hora pra chegar e sair da casa.

Tipos de acomodação

Boutique Hotel – É um hotel instalado em uma casa que se destaca pela sua história, arte ou arquitetura e que tem poucos apartamentos. Oferece toda a estrutura de um hotel, mas conta com a exclusividade de ser um estabelecimento para poucos!

Relais & Chateaux – É um Boutique Hotel anexo a um restaurante bem cotado. São os chamados hotéis de charme no Brasil. A Relais & Chateaux é, mais precisamente, uma rede de 520 acomodações de luxo escolhidas a dedo pelo mundo. No Brasil, existem três: Saint Andrews Gramado (Gramado/RS), Hotel Santa Teresa (Rio de Janeiro/RJ) e Txai Resort Itacaré (Itacaré/BA). São comuns serem em castelos e mansões.

Flat ou Apart-hotel – É um apartamento completo, com cozinha e área de serviço, que permite estadias mais longas e mais baratas já que o próprio hóspede executa parte das tarefas diárias.

Resort – É um destino por si só! Oferece lazer de forma que o viajante não precise sair do local pra se entreter. É um bom destino pra ir com a família, já que os Resorts oferecem atividades pra todas as idades.

Tipos de acomodação

Motel – Esquece o significado dessa palavra no Brasil! Motel é um hotel de beira de estrada, barato e simples, geralmente com o estacionamento pro carro em frente à porta do próprio quarto.

Inn – Restaurante ou loja na estrada que oferece quartos para viajantes. Muito comum na Europa.

Lodge – É um alojamento em área selvagem pra quem se aventura a conhecer florestas, desertos, montanhas etc.

Tipos de acomodação

  • E aí, conhecia todos?

Hotel review: Brasília Palace

Como contei no post anterior (what?! você não leu? clica aqui!), neste último fim de semana estive em Brasília pra assistir a decisão do 3º lugar da Copa do Mundo. Saudações laranjas, aliás ¬¬. Fiquei hospedada no Brasília Palace Hotel de sábado pra domingo e, apesar da correria (deixa mala no hotel / sai pra turistar / volta pra fazer check-in / sai pro jogo / volta do jogo / sai pra comer alguma coisa / volta / dorme 2h / vai embora), consegui ver um pouquinho de tudo que o hotel tem de bom.

O Brasília Palace foi projetado por ninguém menos que Oscar Niemeyer e foi fundado em 1958 por Juscelino Kubitschek. Em frente ao hall de entrada a réplica de um carro antigo utilizado pelo Presidente enfeita a varanda (ops! não tirei foto). Outros toques de antiguidade também podem ser vistos na recepção do hotel, como poltronas do tempo do êpa e um telefone amarelo ovo daqueles que disca girando em bom funcionamento.

Os detalhes clássicos param por aí, porque o resto do hotel é bem moderno e novo. Quarto e banheiro amplos e com padrão executivo, área de lazer com uma piscinona e, pra fechar, acesso à margem do Lago Paranoá. Pena ter ficado tão pouco…

Falando nisso…

Por ajudinha do destino, o Brasília Palace também hospedou a seleção brasileira neste mesmo fim de semana. Chegando no hotel já era fácil notar um movimento diferente rolando por ali. Carros de polícia, fãs fazendo vigília na grade, jornalistas entrando ao vivo aos montes e bandeira da Fifa hasteada junto com a do Brasil. Toda vez que chegávamos no hotel de táxi nosso carro era tomado de meninas ao redor pedindo #peloamordedeus pra entrar junto com a gente. No mínimo curioso!

Lá dentro, a área onde os jogadores e a equipe técnica circulavam foi isolada, então a chance de vê-los perambulando era mínima. Só o Dante que foi visto perdido na recepção… Qualquer semelhança com o jogo contra a Alemanha não é mera coincidência rss. O único momento que pudemos vê-los sem nenhuma barreira foi quando eles deixaram o hotel a caminho do estádio. Num corredor de vidro eles passaram um a um e a gritaria rolou solta – como se por um momento todo mundo tivesse esquecido do jogo humilhação. Vou dedar aqui… Só o Neymar acenou pra galera. Todo o resto passou reto sem mexer um músculo pra mandar oi. Até tu, David Luiz?!

Bom, nem preciso dizer que eu trocaria tudo isso por ter assistido da televisão de casa o Brasil jogar a final, né? Mas já que não foi assim, ficam as risadas, a tietagem meio que de mentirinha (do tipo “beleza, já que estou aqui vou viver…”) e os bons momentos dessa experiência toda.

De Brasília, ainda vai vir um post mostrando o que conheci por lá nessa minha viagem relâmpago. Até pessoal!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 90 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: