Jardim Botânico de Curitiba

Estive em Curitiba no último final de semana e pra minha alegria a previsão do tempo não foi tão fiel. A chuva e o frio esperados até chegaram, mas deram uma trégua na manhã de domingo e deixaram o dia com cara de “passeio no parque”. Acordei com uma frestinha de sol tímida e não pensei duas vezes… Lá fui eu com mochila, máquina e disposição-de-pegar-ônibus conhecer o Jardim Botânico de Curitiba, a famosa estufa e seus jardim geométricos.

A simetria dos jardins lembra o Jardim do Palácio de Versalhes, quem conhece? Não é a toa que lembre, já que o parque foi criado à imagem dos jardins franceses.

A Estufa, o grande símbolo do parque, é feita de ferro e vidro e abriga 50 exemplares da floresta atlântica do Brasil. A arquitetura foi inspirada em um palácio de cristal que existiu em Londres, no século 19.

Além da Estufa, o Jardim tem também outros cantinhos que valem a visita: Museu Botânico Municipal, Velódromo, Jardim das Sensações e esse debaixo: as Cerejeiras do Japão, meu jardim preferido ♥

O parque é super novo, vai fazer 22 anos em outubro. Foi inaugurado em 1991, tem 245 mil m² e é hoje um dos (se não for o) principal cartão-postal da cidade.

Onde fica?
Rua Eng° Ostoja Roguski, s/n° – Jardim Botânico
Tel: (41) 3264-6994 (administração) / 3362-1800 (museu)

Horário de funcionamento?
Das 06h00 às 21h00 > durante o horário de verão
Das 06h00 às 20h00 > durante o horário de inverno

Como chegar de ônibus?
Expressos Centenário/Campo Comprido e Centenário/Rui Barbosa: descem ao lado do Jardim.
Linha Cabral/Linha Alcides Munhoz (ponto Al.Dr.Muricy): Descem em frente ao Jardim.

Zoos de Cingapura

Quem visita Cingapura não pode deixar de conhecer pelo menos um dos superproduzidos zoológicos da rede ‘Wildlife Reserves Singapore’. Eles são enooormes, limpos, organizados e cheios de boas atrações. Além da ótima estrutura e dos funcionários sorridentes (que parecem amar o que fazem), os zoos de lá tem a bicharada mais exótica e completa do mundo! Você vê de urso panda a tigre branco em ambientes que praticamente simulam a vida selvagem na cidade e pode ainda interagir com os mais mansinhos. Dá pra alimentar elefantes, tomar café da manhã com orangotangos, passear no meio de um universo de borboletas. É uma delícia de passeio pra crianças de 6 a 60 anos! :) Meu lado menina adora!

O Singapore Zoo é considerado o melhor zoológico do mundo por reproduzir o habitát natural dos 2.800 animais com perfeição e permitir que vivam como se estivessem em casa. Ele abre todos os dias do ano das 8h30 às 18h. O ingresso custa S$ 22 por adulto (cerca de R$ 36).

Zoológico de Cingapura

O Jurong Bird Park é um santuário de pássaros! Tem mais de 5 mil aves coloridérrimas e alguns dos maiores aviários “livres para voar” do mundo. O horário de funcionamento também é das 8h30 às 18h e o ingresso custa S$ 20 adulto (R$ 33).

Jurong Bird Park Cingapura

O Night Safari é um zoológico noturno! Confesso que chega a dar um medinho. Ele leva os turistas a bordo de um bonde pra conhecer animais de hábitos noturnos tomando banho, comendo, namorando… Ele abre às 19h30 e fecha à meia-noite, a entrada é S$ 35 (R$ 58).

Zoológico Noturno Cingapura

O River Safari é novidade e parece que vai abrir no primeiro quadrimestre de 2013. O que se diz é que vai ser o primeiro parque de rios temáticos da Ásia (pra variar, né?). Ele vai reproduzir 10 ecossistemas de rios do mundo, incluindo o Rio Nilo, Mississipi e até o Amazonas. Nossa, Cinga realmente leva a sério tudo que faz! °o°

Dicas:

– Leve protetor solar, boné/chapéu e água para os passeios de dia (apesar de poder comprar tudo isso por lá).

– Reserve pelo menos meio dia pra conhecer o Bird Park.

– Para o Singapore Zoo, o ideal é ir pela manhã, almoçar por lá e seguir com o passeio depois. A programação do início do dia e da tarde são diferentes.

– No Night Safari é legal deixar para jantar no final do passeio. Lá tem uma área top pra comer com música ao vivo e tudo mais.

– E mais importante, a frase clichêzona que sempre vale: não tire nada a não ser fotos, não deixe nada a não ser pegadas e não leve nada a não ser lembranças! :)

Redenção: passeio verde em Porto Alegre

Redenção, parque Redenção em Porto Alegre, Porto Alegre/RS

Mas bah, tchê! Saudações gaúchas! Estou esta semana em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, tratando uns assuntos pessoais e resolvi hoje aproveitar a minha horinha de folga pra dar uma pernada por um dos pontos turísticos da cidade: a Redenção!

A Redenção, ou também Parque Farroupilha, é um recanto verde bem próximo do centrão de Porto Alegre onde os moradores vão pra praticar esportes, levar a cachorrada ou só tomar um chima e assistir o dia passar. Fundado em 1935, o parque tem 370 mil m² e é um dos mais importantes parques urbanos do país. [Read more…]

%d blogueiros gostam disto: