Dica de restaurante nos Jardins, São Paulo

Restaurante nos Jardins SP

Estive em São Paulo neste fim de semana prolongado (salve salve feriado da Proclamação da República \o/) e conheci um restaurante delicioso nos Jardins: o D’olivino! A escolha do restaurante foi bem ao acaso, mas o tiro no escuro acabou sendo uma bela de uma boa surpresa!

O D’olivino é um restaurante de culinária mediterrânea inspirado nas cozinhas da Itália, Grécia, Espanha, França, Portugal, Marrocos, Líbano e Turquia. Tudo muito saboroso e com apresentação caprichada! A aposta da casa é na harmonização dos pratos com azeites extravirgens e na oferta de vinhos de alta qualidade.

Na mesa a gente se depara com diferentes azeites pra degustar e uma orientação de qual vai bem com qual tipo de comida. Achei bem legal! O ambiente é outro ponto positivo: mescla o estilo contemporâneo com o quê pitoresco das trattorias italianas.

Só pra fechar: além de restaurante, o D’olivino é também empório, então dá pra levar pra casa os azeites e vinhos que compõem o cardápio.

Onde fica?
Na Rua Haddock Lobo, 1159 – Jardins

Funcionamento?
Segunda a quinta: 12h às 15h e 19h30 à meia-noite
Sexta: 12h às 15h e 19h30 à 1h
Sábado: 12h à 1h
Domingo: 12h às 17h e 19h30 à meia-noite

Preço?
O valor dos pratos a la carte gira em torno dos R$ 60, mas o restaurante tem a opção de um almoço executivo por R$ 39,90 que inclui uma entrada, um prato principal (entre 7 pra escolher) e uma sobremesa.

Já quero voltar!!

Sobre estes anúncios

Como ir do aeroporto Afonso Pena para o centro de Curitiba

Aeroporto Executivo Curitiba

Quem acha que desembarcar no Aeroporto Internacional Afonso Pena significa descer na cidade de Curitiba está enganado! Eu estava. O aeroporto Afonso Pena fica em outra cidade, em São José dos Pinhais, a 18 km de distância do centro de Curitiba. Para a alegria de quem não quer pagar uma facada de táxi existe o Aeroporto Executivo Curitiba, uma linha de ônibus executivo que faz o trajeto até o centro por um preço bem mais amigável (este valor de R$ 12 vale para a data do post).

O ônibus para em 6 pontos estratégicos do centro. O trajeto até a última parada (Shopping Estação) leva 50 minutos. Em média a cada 20 minutos pinta um busão da linha em cada ponto. No site da empresa tem a tabela de horário pra cada dia da semana.

Trajeto ônibus aeroporto executivo Curitiba

Eu experimentei a linha desta vez que fui a Curita e achei muito prática! O ônibus cumpriu com os horários previstos, além de ser confortável e rápido. Valeu pela super economia!

Dica de repelente: Moskitoff Kids

Dica de RepelenteVai viajar pra praia, beira de rio ou qualquer outro ambiente onde mosquitos, pernilongos e borrachudos reinam? É melhor carregar um bom repelente na mala se não quiser se incomodar. Eu sou alérgica a picadas de inseto (do nível de ir parar em hospital), então quando o assunto é repelente, meu amigo, a conversa aqui fica séria.

Uns meses atrás fiz uma pesquisa ferrenha na Internet pra descobrir uma indicação de repelente pra chamar de meu e resolvi arriscar esse aí de cima, a loção infantil do Moskitoff. Testei e aprovei! Os mosquitos ficam mesmo longe (a marca garante proteção por até 2 horas), o creme é fácil de espalhar e já hidrata a pele sem deixar pegajoso. E por que infantil? Porque o cheiro é mais suave (esse tem cheirinho de maçã verde).

Além da versão kids, o Moskitoff vem também na loção normal e em spray.

Recomendo: Cartas para Julieta

Cartas para Julieta

Não me canso de assistir ao filme Cartas para Julieta! ♥ Sim, é um filminho mamão com açúcar, daqueles com gente bonita, paisagens românticas e final feliz. Cheio de nhenhenhém! Hehe. Eu confesso que adoro! (Alguém mais aí também?!) Mesmo sabendo que gosto não se discute, recomendo ele aqui porque a história se passa em Verona, na Itália, e mostra o melhor da região da Toscana. Lindo demais! [Read more...]

Recomendo: Comer Rezar Amar

Comer Rezar Amar

Quem nunca ouviu falar de Comer Rezar Amar corre já pra livraria (R$ 35,90 no site da Saraiva). O livro não tem nada de novo (nada meeesmo –  foi publicado em 2006), mas mesmo assim quis deixar registradíssima aqui a minha indicação da boa leitura. Comer Rezar Amar é um sucesso mundial da literatura não-fictícia. Estourou no mundo em 2008 e virou filme em 2010 estrelado por ninguém menos que Julia Roberts (tá, meu bem?!). O livro ficou na lista dos best-sellers do The New York Times por mais de 200 semanas, já vendeu mais de 10 milhões de cópias e dizem por ai que foi traduzido para 40 idiomas!

Comer Rezar Amar conta a história real da jornalista americana Elizabeth Gilbert (Liz para os íntimos hehe) que resolve jogar pro alto sua vida estável, porém infeliz, em busca de si mesma pelo mundo. Liz deixa seu marido, sua boa casa e seu bom emprego para passar um ano viajando pela Itália, Índia e Indonésia e se descobrir. Ela comeu, rezou e amou e narrou com coragem e diversão suas experiências pelo caminho. De tão envolvente e bem escrita, a leitura corre solta e você não quer saber de fechar o livro!

O filme…

Comer Rezar Amar

É bem produzido, as imagens são lindas e a atuação da Julia Roberts (como sempre) é demais. O único problema é assistir ao filme depois de ter lido a história. Daí não dá, né?! Frustação total! Livros são mais ricos em detalhes e, por isso, deixam os filmes no chinelo. Com Comer Rezar Amar não é diferente, então, #ficaadica: se a história te interessou, primeiro o filme, depois o livro. Vai ser muito mais legal!

Comer Rezar Amar

Comer Rezar Amar

Comer Rezar Amar

Recado da Liz…

Pros fãs da história de Comer Rezar Amar, a Liz deixa um recado no seu site oficial: diz que mantém contato com todas as pessoas que conheceu na viagem, que visita Luca Spaghetti com frequência, que infelizmente seu amigo Richard do Texas morreu e que continua casada com o nice brazillian fellow, obrigada.

Comer Rezar Amar

Fotos: Divulgação

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 75 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: