O que fazer em Sydney? Dicas com o melhor da cidade

Roteiro de Viagem Sydney

Roteiro de Viagem Sydney

Roteiro de Viagem Sydney

Roteiro de Viagem Sydney

Ahh… Sydney! Amor à primeira vista. A melhor cidade do mundo até que outra me prove o contrário. Quando estive na Austrália meu plano de ficar duas semanas na cidade foi drasticamente alterado para dois meses. Dois meses que facinho facinho podiam virar dois anos que eu nem ligaria.

Tem tanta coisa legal pra fazer em Sydney que deveria ser crime fazer uma viagem de poucos dias pra lá. São parques, zoológicos, praias, bairros culturais, galerias de arte, atrações modernosas, baladas, restaurantes, compras etc e etc… Difícil não morrer de amores. ♥

Enfim… Depois de muita indecisão (e diasss trabalhando neste post #tôzureta! kkk), elegi quatro passeios que na minha opinião reúnem um pouquinho de tudo que a cidade tem de melhor e fazem valer a viagem até lá. Espero que aprovem!

1. Passear pelo bairro Circular Quay é a maneira mais tradicional e mais vibrante de começar o roteiro pela cidade. É lá que estão a Sydney Harbour Bridge e o Opera House, a famosa dupla dos cartões-postais. A região está sempre movimentada com turistas e com navios chegando e partindo do porto a todo momento. Entre as duas atrações ficam bons restaurantes com vistas privilegiadas – boa pedida pro pit-stop do almoço (tem uma dica legal de restaurante neste post aqui).

Algumas opções pra incrementar a passagem pelo Circular Quay são: 1.escalar a Sydney Harbour Bridge (escalar mesmo! saiba mais aqui) e 2.conhecer o Opera House por outro ângulo – por dentro. Se você não tiver como assistir a um espetáculo, show ou apresentação de dança que esteja em cartaz, vale a pena fazer o tour guiado durante o dia pra conhecer a arquitetura interna da casa. É impressionante!

2. Turistar pelo bairro Darling Harbour era um dos meus programas favoritos em Sydney! Ele é um daqueles lugares feitos pra arrancar grana de turista: atrações mega produzidas por todo o lado, restaurantes e barzinhos top e lojinhas de souvenir. Podem me julgar, eu não ligo! Eu me amarro em lugares assim! #consumidoravoraz

Sabe aquela foto abraçado com um coala que você sempre sonhou em tirar? Então, em Darling Harbour você pode fazer isso. O Wild Life Sydney Zoo fica lá e te dá essa opção. Ele é um zoológico bem bonitão apesar de não muito grande, mas que tem todo o resto da bicharada australiana que você não pode ir embora sem ver – os amados cangurus, os crocodilos de 5 metros, etc. Do ladinho do Zoo, fica o Sea Life Sydney Aquarium, um aquário artificial bacanérrimo também com mais de 700 espécies de animais, incluindo raias gigantes e tubarões. Ui, que meda!

Encontrar um lugar legal pra comer por lá é fácil, é só apontar o dedo pra qualquer direção. Não quero te influenciar, mas se você for no Pancakes on The Rocks vai fazer uma boa escolha!! Rss. Minha sugestão do menu: Devils Delight. É de comer rezando! Fica no Shopping Harbourside.

3. Sydney tem tudo de uma grande metrópole, mas não deixa de ser beira mar. Uma sugestão minha é que você não deixe de conhecer pelo menos uma de suas 70 praias. Bondi (pronuncia-se “Bondai”), Coogee (“Cugí”) e Manly estão entre as queridinhas.

A Bondi to Coogee Coastal Walk é uma caminhada de 6 km que beira o litoral entre as duas praias. O percurso é bem popular, de graça e belíssimo – dura em média 2 horas. Se não quiser puder fazer a caminhada, deixe se envolver pela vibe dessas duas praias. Peça um suco natureba nos quiosques de 1º mundo do outro lado da rua e tome de frente pro mar ou sente-se em uma das cafeterias badaladas por algumas horas como fazem os locais.

Pra ir até Manly é preciso pegar um Ferry Boat lá no porto de Circular Quay (onde fica o Opera House). A praia é bem gostosa, o clima da vila é bem praieiro e, de quebra, tem o melhor restaurante tailandês que eu já experimentei na minha vida: o Manly Thai Gourmet!

4. Pode ser que você curta um bate-volta em Blue Mountains se quiser aprender um pouco sobre a cultura aborígene (os indígenas australianos) e fugir um pouco da loucura da cidade grande. Como o nome já diz, a região é montanhosa e azul por causa do óleo que é liberado pelas folhas das árvores de eucalipto presentes na vegetação.

As Three Sisters são o ponto alto da visita. Reza a lenda aborígene que três irmãs foram transformadas em pedra pelo seu pai para protegê-las de um monstro da montanha. Cangurus e alguns aborígenes podem ser vistos pela redondeza. Trilhas ecológicas e outras atividades ao ar livre são outras opções de passeio por lá nesse dia light.

Blue Mountains fica a 1h30 de carro de Sydney. É facinho achar empresas que vendam pacotes de excursão pra lá.

Outros posts que podem te interessar:

Dica de barzinho em Sydney: Opera Bar
St Mary´s Cathedral, a Catedral de Santa Maria em Sydney
Roteiro de duas semanas pela Austrália e Nova Zelândia

Anúncios

4 comentários sobre “O que fazer em Sydney? Dicas com o melhor da cidade

  1. Pingback: Sydney | Catching all the lights:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s