Fiscalização do tamanho da bagagem de mão fica mais rígida no Brasil

Bagagem de Mão

A exigência em relação ao tamanho limite permitido para as bagagens de mão em voos nacionais vai ficar mais dura a partir de agora. Começa nesta quarta-feira (10/4) um serviço de fiscalização na área pré-embarque dos aeroportos para verificar o cumprimento da norma pelos passageiros.

A ação é uma medida da Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) e tem como objetivo evitar que malas com tamanhos inadequados sejam embarcadas na cabine no avião.

A bagagem de mão deve medir no máximo 55 cm de altura, 35 cm de largura e 25 cm de profundidade. As dimensões seguem o padrão usado pela Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo) e, na teoria, já estavam sendo praticadas pelas companhias aéreas brasileiras. Agora, porém, o controle da medida será mais rígido.

Desde que a nova regra de transporte de bagagens da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) entrou em vigor no Brasil em 2017, permitindo às companhias aéreas cobrar pela bagagem despachada e elevando de 5 para 10 kg o peso que o passageiro poderia levar consigo na cabine sem custo, muitas pessoas passaram a levar malas maiores a bordo, causando tumulto e atrasos.

Com a nova fiscalização em vigor, passageiros terão suas malas checadas por uma empresa terceirizada antes de entrar na área de embarque. Durante as duas primeiras semanas, a checagem terá caráter educativo. Após esse período, a bagagem que exceder o padrão terá de ser despachada pelo valor cobrado pela companhia aérea (valores no fim da postagem).

Quinze aeroportos brasileiros participam da ação, sendo a data de início das atividades dividida em três etapas:

1ª etapa

Aeroportos
Juscelino Kubitschek, em Brasília/DF
Afonso Pena, em Curitiba/PR
Viracopos, em Campinas/SP
Aluízio Alves, em Natal/RN

Fiscalização educativa: 10 a 24 de abril
Fiscalização efetiva: a partir de 25 de abril

2ª etapa

Aeroportos
Confins (Belo Horizonte/MG)
Pinto Martins (Fortaleza/CE)
Guararapes Gilberto Freyre (Recife/PE)
Luís Eduardo Magalhães (Salvador/BA)
Val de Cans (Belém/PA)

Fiscalização educativa: 17 de abril a 1º de maio
Fiscalização efetiva: a partir de 2 de maio

3ª etapa

Aeroportos
Santa Genoveva (Goiânia/GO)
Salgado Filho (Porto Alegre/RS)
Congonhas (São Paulo/SP)
Guarulhos (Guarulhos/SP)
Galeão (Rio de Janeiro/RJ)
Santos Dumont (Rio de Janeiro/RJ)

Fiscalização educativa: 24 de abril a 12 de maio
Fiscalização efetiva: a partir de 13 de maio

Valor cobrado pela bagagem despachada por cada companhia

Azul e Gol
Comprando pelo site: R$ 60
Comprando no aeroporto: R$ 120

Avianca
Até 6 horas antes do voo: R$ 60
Menos de 6 horas antes do voo: R$ 120

Latam
Até 3 horas antes do voo: R$ 59
Menos de 3 horas antes do voo: R$ 120

Veja outras publicações sobre aviação

Anúncios

3 comentários sobre “Fiscalização do tamanho da bagagem de mão fica mais rígida no Brasil

  1. Pingback: Como pedir indenização online por voo atrasado ou cancelado | Terminal de Embarque

  2. Pingback: Você conhece todas as facilidades do Aeroporto de Guarulhos? | Terminal de Embarque

  3. Pingback: App mede se mala pode ser levada como bagagem de mão | Terminal de Embarque

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s