Todos os posts em: Holanda

Museu Van Loon Segredos Amsterdã

5 segredos de Amsterdã que merecem ser espalhados

Passear de barco pelos canais, visitar o Museu de Anne Frank e caminhar pelo Bairro da Luz Vermelha estão entre as atrações turísticas mais populares da capital holandesa. O que nem todos sabem, porém, é que o destino esconde outras possibilidades que tornam qualquer viagem até lá ainda mais interessante. Veja cinco dicas de Amsterdã que merecem ser espalhadas: 1 Ao invés de explorar os canais da cidade a bordo de uma excursão para várias pessoas, dá para navegar com total liberdade pilotando seu próprio barquinho. Empresas como Sloep Delen (@sloepdelen) e Canal Motorboats (@canalmotorboats) alugam barcos elétricos sem a necessidade de licença, já que a velocidade limite é bem reduzida. 2 Todas as quartas-feiras do ano (com exceção dos meses de julho e agosto), a sala de concertos da orquesta sinfônica da cidade The Concertgebouw (@concertgebouw) oferece uma apresentação de música clássica gratuita das 12h30 às 13h. Os ingressos são colocados à disposição na entrada a partir das 11h30. Para garantir lugar, é bom chegar cedo! 3 Longe dos olhos de muitos turistas estão …

Moinho de vento para visitar em Amsterdã

Quando visitei Amsterdã imaginei que viria moinhos de vento aos montes cidade e, ainda por cima, girando e girando. Mal eu sabia que ver um seria difícil e ainda mais funcionando. A Holanda é até hoje um país gerador de energia eólica, mas os moinhos de vento classicões como eu esperava ver quase não existem mais no país. Com o tempo eles foram sendo substituídos por aparelhos mais modernos e eficientes, os chamados aerogeradores ou turbinas de vento. São poucos os moinhos antigos que resistiram ao tempo e que continuam de pé. Em Amsterdã e arredores ainda existem oito segundo o site Windmill World. No blog do brasileiro Ducs que mora em Amsterdã, ele lista três na capital. Quando eu estive na cidade, soube apenas do Molen van Sloten (em inglês, The Sloten Windmill), que foi o que visitei e que acabou sendo uma grata surpresa! Sobre o Molen van Sloten O Molen van Sloten não é só um moinho fotogênico esperando para ser clicado. Ele funciona! Você pode entrar, subir até a plataforma, receber explicações de …

O que fazer em Amsterdã: atrações imperdíveis e segredos de viajante

O que fazer em Amsterdã 1. O passeio de barco pelos canais de Amsterdã é a atração que mais tem a cara da cidade. Uma sugestão é começar a visita por lá, já que o passeio dá um panorama dos principais pontos de visitação e conta um pouquinho da história da cidade. Tem passeios diurnos, noturnos e até com jantar a luz de velas. São várias as companhias que fazem o trajeto. Uma delas é a Amsterdam Canal Cruises, que tem barcos equipados com áudio-guias em 17 idiomas (português é um deles) que passam informações da cidade ao longo do percurso. 2. A Casa de Anne Frank é outro clássico de Amsterdã. O lugar hoje aberto para visitação foi esconderijo da garota judia Anne Frank e outras sete pessoas durante a Segunda Guerra Mundial até que, depois de 2 anos escondidos do mundo, foram descobertos pelos nazistas e enviados a Campos de Concentração. O diário original escrito por Anne Frank está lá, assim como fotos, documentos e outros objetos pessoais. A Casa abre diariamente às 9h …

Bate-volta em Haarlem – 15min de trem de Amsterdã

A 15 minutos de trem de Amsterdã está a pequena e charmosa cidade de Haarlem. Pacata e romântica, Haarlem tem 151 mil habitantes, é a capital da província da Holanda do Norte e é o maior centro de comércio de tulipas há séculos. É famosa pelos seus restaurantes de clima aconchegante e por carregar o título de melhor cidade para compras na Holanda. Antigamente, a cidade era também conhecida pelas casas que abrigavam mulheres idosas e sozinhas (asilos mais requintados); hoje ainda restam algumas em atividade. As principais atrações turísticas de Haarlem giram em torno da praça central, Grote Markt, onde ficam as antigas construções famosas da cidade, os principais bares e cafés e onde, às segundas e sábados, acontece uma grande feira local. A catedral gótica Sint Bavo, construída no século 14, também é ponto de visita; além dos museus The Corrie ten Boom House (que foi esconderijo de refugiados na Segunda Guerra Mundial), o Frans Hals Museum (que abriga uma coleção histórica da arte holandesa) e o Teylers Museum (o mais antigo da Holanda). …