Todos os posts em: Itália

Coliseu Roma - Entrada gratuita museus Itália domingo

Itália retoma 1º domingo gratuito nos museus

A entrada em museus, galerias, sítios arqueológicos e monumentos da Itália administrados pelo Estado voltaram a ser gratuitas no primeiro domingo de todo mês em novembro de 2019. Introduzida pelo governo em julho de 2014, a iniciativa foi descontinuada em meados de 2018 pelo então Ministro da Cultura. O projeto ‘Domingos no Museu’ contempla centenas de espaços de importância cultural e histórica no país, como o Coliseu, Fórum Romano e Palatino (Roma), Gallerie degli Uffizi (Florença), Gallerie dell’Accademia (Veneza) e Grotta Azzura (Capri). Os únicos lugares que não fazem parte do programa são os privados ou mantidos por autoridades locais. Você pode gostar também:5 bate-voltas surpreendentes na Itália

Villa Arnica Lana Italia

Villa Arnica inaugura em Lana, no norte da Itália

A pequena cidade de Lana, no extremo norte da Itália, ganhou mais uma opção de hotel boutique neste último verão. Com apenas 10 quartos, o Villa Arnica está instalado em uma propriedade de 1925 e é rodeado por vinhedos, pomares e colinas. O hotel é apenas para adultos (+14) e é um verdadeiro refúgio para quem busca (e pode pagar) por exclusividade e tranquilidade. A restauração do casarão antigo revelou pisos e mármore originais, que em meio à piscina remetem ao luxo atemporal. As refeições são preparadas com produtos frescos colhidos direto do jardim e são servidas em diferentes ambientes da casa. O café da manhã acontece em mesas debaixo das árvores, há três opções de restaurantes parceiros nas redondezas para almoçar e jantar, sala do chá da tarde e dois bares. O centro de Lana se encontra a um curto caminho a pé ou de bicicleta do hotel. O valor das diárias começa em € 155 por pessoa em quarto duplo com café da manhã incluso. Sobre Lana Lana é uma vila da província …

Escadaria Praça de Espanha Roma

Roma proíbe turistas de sentar na Escadaria da Praça de Espanha

Turistar na Itália está cada vez mais rigoroso. Diante do crescente fluxo de pessoas tomando as ruas do país, prefeituras de diversas cidades tem lançado medidas para preservar suas construções históricas dos efeitos negativos do turismo de massa. A última ordem veio de Roma: está proibido sentar na Escadaria da Praça de Espanha, tradicional ponto de encontro no centro da cidade. Quem desobedecer aos apitos dos policiais e quebrar a regra pode ser multado em até €400. Além de sentar, também não é mais permitido rolar carrinhos de bebê e malas pelos 135 degraus de mármore branco da Escadaria, que foi construída entre 1723 e 1726. A determinação vale ainda para outros monumentos históricos da cidade. Outras cidades italianas que adotaram medidas similares para controlar a desordem causada pelas multidões foram Florença, que proibiu turistas de comer em seu centro histórico, Veneza, que entre as regras baniu pessoas de se molhar nas suas fontes, e Cinque Terre, que coibiu o uso de chinelos nas trilhas cênicas que ligam os vilarejos. Mamma mia!

Bellagio Lago di Como

5 bate-voltas surpreendentes na Itália

Que a Itália é repleta de vilarejos pitorescos não é novidade, mas a boa notícia é que é possível encontrá-los bem perto de destinos turísticos mais populares. Conheça nesta seleção cinco cidadezinhas encantadoras para conhecer em um dia saindo de Roma, Florença, Veneza, Pisa e Milão. De Roma para Civita di Bagnoregio (124 km) O vilarejo medieval de Civita Di Bagnoregio fica ao norte de Roma e não é preciso muito tempo para visitá-lo. O cenário é fascinante: um aglomerado de construções de pedra no topo de um monte cercado por um profundo vale (veja mais neste curto vídeo). Devido a erosões que causaram desmoronamento de casas ao longo dos anos, a pequena vila tem hoje poucos habitantes, mas segue atraindo turistas no verão em busca de passeios sem pressa e charmosos restaurantes com mesinhas na calçada. De Florença para San Gimignano (54 km) Um passeio a pé pelas ruelas do centro histórico de San Gimignano deixa claro o porquê de a cidade ter sido listada como patrimônio da humanidade pela UNESCO: suas construções da …

Praia de Areia Rosa - Pink Sands Beach, Harbour Island, Bahamas | Foto: Getty Images

13 praias de areia rosa pelo mundo

Como se a beleza do mar não bastasse, algumas praias do mundo ganharam uma pitada a mais de encanto natural com sua areia tingida de rosa. A coloração vem de conchas e corais quebrados e de microorganismos de tom avermelhado. Dois conselhos: não se engane com as cores vibrantes de fotos filtradas no Instagram e procure saber qual é a melhor hora do dia para ver a praia rosada. Conheça nesta lista 13 desses paraísos coloridos. Spoiler: uma das praias é no Brasil! 1. Horseshoe Bay Beach, Bermudas As ilhas Bermudas, localizadas próximo à costa leste dos Estados Unidos, têm algumas praias com areia de cor rosada na sua lista, mas a Horseshoe Bay é de longe a mais conhecida. A praia conta com boa estrutura no verão: salva-vidas, um bar com lanches e bebidas, além de aluguel de cadeira e guarda-sol e de equipamentos para esporte na água, como snorkel e prancha de bodyboard. Para se hospedar pertinho dali, procure o The Reefs Resort and Club. Outros pontos com areia rosa nas Bermudas são …

Florença proíbe comer nas ruas do centro histórico

A cidade de Florença, na Itália, passou a proibir aquela pausa para um lanchinho no seu centro histórico. As quatro ruas afetadas pela proibição são Via de ‘Neri, Piazzale degli Uffizi, Piazza del Grano e Via della Ninna e o horário em que a restrição está em vigor é do meio-dia às 15h e das 18h às 22h. O decreto entrou em vigor no dia 4 de setembro e prevê multa de até € 500 para quem descumprir a ordem. O motivo? Lixo fora do lixo. Com o aumento do fluxo de turistas, a situação se agravou ainda mais e fez com que a prefeitura tomasse essa atitude. O prefeito, Dario Nardella, resumiu o sentimento da cidade em um post no Facebook: “Às vezes nos deparamos com turistas que não têm educação para a nossa cidade […]. E isso não é nada bom. Os turistas, se se comportarem como fazem em casa, são e sempre serão nossos hóspedes bem-vindos, especialmente se quiserem desfrutar de nossas especialidades gastronômicas […]. Somente aqueles que amam Florença merecem Florença”.

Cidade italiana vende casas a €1 para atrair novos moradores

Se você sempre sonhou em morar em uma casinha de pedras no interior da Itália a sua chance pode ser agora (corre que o prazo tá acabando!). A prefeitura de Ollolai, cidade localizada no interior da ilha de Sardenha, anunciou a venda de 200 propriedades abandonadas ao valor simbólico de €1 (cerca de R$ 4). O objetivo é atrair novos moradores, uma vez que a população local caiu de 2.250 para 1.300 habitantes nos últimos 50 anos. A cidade fica em uma região montanhosa, tem como tradição a produção de queijo de ovelhas e o artesanato. Os novos proprietários, no entanto, tem uma missão: restaurar e renovar as casas no período de três anos – a começar em até um ano – a um custo estimado de US$ 25 mil. Além disso, terão de fazer uma apólice de seguro no valor de € 1 mil com o município para garantir que a renovação seja efetivamente realizada. Os interessados devem enviar um e-mail para os endereços da prefeitura (protocollo.ollolai@pec.it e case1euro.ollolai@gmail.com) com o formulário de participação preenchido e …