Roteiro de duas semanas pela Austrália e Nova Zelândia

Roteiro de duas semanas pela Austrália e Nova Zelândia

Aqui você vai encontrar uma sugestão de roteiro de duas semanas para conhecer alguns dos principais pontos de visitação da Austrália e Nova Zelândia. Na Austrália, a proposta é conhecer Sydney, a Grande Barreira de Corais, o Outback e Melbourne e, na Nova Zelândia, o caminho entre Queenstown e Franz Joseph.

Roteiro de duas semanas pela Austrália e Nova Zelândia

Dia 1 – Brasil > Sydney, AUS

São várias as rotas do Brasil até a Austrália, mas nenhuma delas leva menos que 20 horas sem contar com as escalas. A mais rápida é via Africa do Sul, que leva 8 horas de São Paulo até Joanesburgo (cerca de R$ 3.600 pela South African Airways) e 12 horas de Joanesburgo até Sydney (cerca de R$ 2.200 pela Qantas Airways). Uma opção mais barata, mas um poquito mais demorada, é pelo Chile. O vôo São Paulo > Sydney com escala em Santiago custa R$ 3.200 no total e dura 25 horas. A viagem é operada pela Lan Chile com participação da Qantas. O site www.voosbaratos.com.br localiza vôos em mais de cem sites de passagens online e compara preços. É uma boa pra dar a primeira pesquisada!

OBS: Neste roteiro estou sugerindo o que seria a rota ideal: Brasil > AUS > NZ > Brasil. Mas, se os vôos intercontinentais de ida e volta forem pelos mesmo destinos, ou seja, Brasil > AUS > NZ > AUS > Brasil (sair e chegar no Brasil pelo mesmo país), as passagens saem mais baratas.

Dia 2 – Sydney

Roteiro de duas semanas pela Austrália e Nova Zelândia

Pra começar bem o roteiro, nada melhor que ir direto a um dos símbolos da cidade, o Opera House, e conhecer a redondeza. Dá pra fazer o tour pela casa de shows mais famosa do mundo (vale muito a pena!), depois dar uma canelada no Botanic Garden e encerrar a manhã com um almoço de frente para a Sydney Harbour Brige, outro cartão-postal da cidade. À tarde, vale turistar pelo bairro Darling Harbour e posar pra foto com um coala fofo no Wild Life Sydney. Se o cansaço da viagem não tiver batido ainda, uma boa é assistir o sol se pôr direto da torre Sydney Tower Eye e fechar o dia jantando por lá mesmo, curtindo as luzes da naight. Delícia de dia!

Dia 3 – Sydney

One day is not enough! Sydney merece (muito) mais que 24 horas… Um passeio muito gostoso é ir para Manly Beach de ferry boat e passar o dia na praia. Outra idéia natureba é fazer a caminhada entre as praias badaladas de Bondi Beach para Coogee Beach que tem um visú deslumbrante. Se o clima não estiver pra praia, passeios mais cult como visitar o museu Art Gallery of New South Wales ou o National Museum of Australia (legal para levar as crianças) são boas pedidas. Uma pernada pela George Street, o centrão de Sydney, é tentadora pra compras. Se for até lá, não deixe de conhecer o shopping Queen Victoria Building.

Dia 4 – Sydney > Arlie Beach (Whitsundays)

Roteiro de duas semanas pela Austrália e Nova Zelândia

E a viagem segue para a praia de Arlie Beach, ponto de partida mais famoso para as ilhas Whitsundays e a Grande Barreira de Corais. Neste post aqui contei mais sobre a Grande Barreira e as formas de explorá-la. Como os dias são poucos, a minha sugestão é fazer o passeio de veleiro que passa uma noite a bordo e que a única preocupação é pular no mar, mergulhar, subir pro barco, comer, pular no mar, mergulhar…

Dia 5 – Arlie Beach

De volta à terra firme, é hora de preparar os cambitos pra retomar a viagem no dia seguinte. Se você é da tchurma da balada e ainda sobrou uma carguinha de energia, a boa notícia é que Arlie Beach ferve à noite e a rua principal vira uma festa só com uma casa noturna colada na outra. Detalhe: nada de altas produções na balada de Arlie hein, chapéu de praia e chinelo de dedo estão de bom tamanho.

Dia 6 – Arlie Beach > Alice Springs (Outback)

Roteiro de duas semanas pela Austrália e Nova Zelândia

Da praia pro deserto. O ponto de partida pro Outback é a cidade de Alice Springs. De lá é que partem os passeios de um dia, três ou cinco rumo à paisagem vermelha e seca com cara de aventura que a gente tanto gosta. Não se preocupa que passar a noite em sacos de dormir não é a única forma de conhecer o deserto. Hotéis com ar condicionado, café da manhã e ônibus confortáveis levam os turistas pro meião do Outback e trazem de volta pra cama king size com segurança.

Dia 7 – Outback

Dia 8 – Alice Springs > Melbourne

Roteiro de duas semanas pela Austrália e Nova Zelândia

Melbourne é a cidade cult da Austrália. Lá é onde tudo acontece: exposições de arte, shows, competições esportivas. Além disso, Melbourne é também destino de bons restaurantes, bares e cafés e ainda por cima de boas compras! Se a correria não incomodar, um pit-stop em Melbourne pode dar um toque de charme ao roteiro!

Dia 9 – Melbourne > Queenstown, NZ

Deixando a Austrália pra trás, partimos pra Nova Zelândia. Já fiz um post especial com as TOP 5 atrações do país aqui!

OBS: Sem dúvida, a primeira parada que indicaria se não fosse o terremoto que atingiu a cidade em 2011 seria Christchurch. Um charme de cidade! Enquanto a cidade trabalha para se reerguer, nós conhecemos outros destinos e torcemos pra que essa fase passe logo para os moradores.

De volta ao roteiro…

A melhor maneira de conhecer a Nova Zelândia é, na minha opinião, na estrada. Deus mandou muito bem nas paisagens por lá e é por isso que as melhores atrações do país se vê viajando e, ainda, de graça. Lembra do Senhor dos Anéis? Pois então, foi lá que o filme foi gravado e, aliás, é possível visitar alguns dos pontos exatos das filmagens.

Em um roteiro de 4 dias pelo país (que é o que temos neste caso), eu sugeriria ficar em uma ilha só (já que o país é dividido em ilhas Norte e Sul). Se eu fosse escolher, optaria pela ilha Sul, que dá pra conciliar um pouco de tudo que NZ tem de melhor: paisagens, esporte, cultura, gastronomia. O meu roteiro ideal, então, seria descer de avião em Queenstown, alugar um carro e subir a ilha conhecendo as cidadezinhas pelo caminho, passando por Wanaka, Makarora até chegar em Franz Joseph. Se você viaja sozinho, a minha sugestão é comprar um pacote de viagem da Stray Travel que te leva de ônibus pelo roteiro que você escolher.

Roteiro de duas semanas pela Austrália e Nova Zelândia

Dias 10, 11, 12 e 13 – O que não deixar de fazer:

Na estrada: 1. Conhecer o Lake Tekapo; 2. Visitar alguma vinícola da região.

Queenstown: 1. Assistir a uma apresentação cultural do povo Maori (os aborígenes da NZ); 2. Saltar de bungee jump (ou fazer algum outro esporte radical – come on!).

Franz Joseph: Fazer a caminhada sobre a Geleira de Franz Joseph (não tem nada igual!).

Dia 14 – NZ > Brasil

Fim de viagem! Ufa. É hora de voltar pra casa com duas semanas intensas de histórias na bagagem!

Você também pode gostar...